21 coisas que aprendi até aos 21 anos

12 fevereiro 2016

1. Sem expectativas as coisas correm muito melhor. E, apesar de já ter consciência disso, nem sempre é fácil não as ter. Às vezes construímos ideias sobre coisas e pessoas que não passam disso mesmo: ideias. Com o tempo isto tem-se tornado um problema menor e espero que continue assim.

2. Toda a gente tem algo de especial. E descobri isto da pior maneira, mas descobri. E nunca mais deixarei de acreditar nisso. 

3. Afastar-mo-nos de quem nos faz mal não é egoísmo. É amor próprio, é respeito por nós mesmos.

4. Pedir ajuda não faz de nós mais fracos. Aliás, acredito que faz de nós seres mais conscientes das nossas limitações e dos nossos medos. Não somos completamente independentes e não vale a pena tentar sê-lo.

5. Nada vai ser como imaginamos há uns anos atrás. Os sonhos evoluem, a mente muda e as coisas ficam naturalmente diferentes.

6. A tua data de nascimento diz a idade que tens. Só isso. 

7. A minha felicidade nunca vai depender só de mim. Eu sou facilmente influenciável por tudo o que me rodeia, mas a verdadeira vitória vê-se na forma como ultrapasso esta fraqueza. 

8. Não há nada mais maravilhoso do que a família. Eles estão sempre lá, aconteça o que acontecer. E são os primeiros a defender-te e a perdoar-te, às vezes até antes de tu o fazeres contigo próprio.

9. Não podemos querer ser os melhores em tudo. Provavelmente acabaremos por fracassar em tudo, se tentarmos.

10. Ninguém deve nada a ninguém. Nem os amigos, nem a família, nem outra pessoa qualquer. Quando fazemos alguma coisa, não podemos ter a intenção de sermos recompensados.

11. (Re)Aprendermos a gostar de nós mesmos é um processo longo e duro, mas também essencial e gratificante.

12. O amor genuíno é a maior prova de que vale a pena viver esta vida.

13. Nem todas as pessoas são humildes e sinceras como parecem. Mas não podemos deixar que isso nos influencie. O importante é sabermos quem somos e estar bem com isso.

14. Não importa quantas vezes repitas para ti que algo não te afeta. Se isso te afetar de verdade, terás de parar para te recompores e ser (ainda) melhor. 

15. Se desconfias que a atitude de alguém não se parece com a de um amigo, é porque muito provavelmente não é.

16. Viajar é das coisas mais enriquecedoras que se pode fazer. É uma experiência que fica guardada para sempre.

17. O teu grau académico não te define e irrita-me profundamente quem acha que sim. Eu nunca serei a engenheira, a mestre ou a doutora, serei sempre a Beatriz. Apenas.

18. Agradecer é importante. Se te sentes grato por alguma coisa, expressa-o.

19. Um abraço é o lugar mais reconfortante do mundo. Nos momentos bons e nos momentos maus eu escolho sempre um abraço.

20. A fé vai sempre conseguir fazer-me ver para além daquilo que os meus olhos conseguem ver.

21. Fazer anos é um acontecimento que deve ser festejado. Com os anos aprendi a valorizar esta data e, neste momento, adoro-a.
4 comentários em "21 coisas que aprendi até aos 21 anos"
  1. Adorei! Há alguns que eu também concordo contigo!! Mas há outros que ainda não tenho percepcao! Afinal um ano faz diferença, eheh! Eu vou fazer 20 :)
    Cada vez gosto mais do teu blog, obrigada!

    ResponderEliminar
  2. Adorei, a vida faz-nos aprender muita coisa :)

    ResponderEliminar