A idade de Adaline (2015)

27 fevereiro 2016
«Years, lovers and glasses of wine. These are things that should never be counted.»


Adaline Bowman é uma mulher com 29 anos que não envelhece. Este facto fez com que, a certa altura da sua vida, tomasse consciência de que seria impossível viver uma vida normal com a sua filha sem interrogatórios, perseguições e tentativas de estudo e, por isso mesmo, evita qualquer tipo de relação mais próxima com outras pessoas. É, portanto, uma mulher solitária que vive constantemente com uma identidade falsa e a mudar de cidade. Até ao dia em que conhece Ellis Jones. Entre as diversas tentativas para o afastar, é-lhe dada uma oportunidade e vão juntos durante um fim-de-semana para casa dos pais dele. E aqui tudo é posto em jogo e terá de ser feita a escolha entre a emoção e a exposição da sua condição.

Já vi este filme mais do que uma vez e, de todas as vezes, ele conquista-me. Tem tudo o que é necessário para ser aborrecido e trazer aquela magia absurda à mistura, mas não é. É muito mais do que um filme banal e prende-nos durante duas horas sem que nos apercebamos disso. As pseudo-explicações científicas, a banda sonora, o guarda-roupa, as falas - tudo foi meticulosamente pensado. Eu acho, desde o início, que este filme tem charme. Muito charme. E vale muito a pena ser visto!
8 comentários em "A idade de Adaline (2015)"
  1. Eu fui ver ao cinema e gostei imenso!

    ResponderEliminar
  2. Está há imenso tempo na minha lista de filmes para ver e nunca vi. Mas a tua review deu-me vontade para o ver. Vai ser hoje. (:
    kiss na cheek

    ResponderEliminar
  3. É o maior cliché de sempre mas a verdade é que me conquistou à primeira. Por norma este tipo de histórias nada originais não mexeria comigo, mas o ambiente do filme e o elenco são tão bons que é impossível ficar indiferente. Sem dúvida um dos meus favoritos do ano passado :)

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar
  4. Eu fui vê-lo ao cinema quando saiu e gostei muito. Depois disso já o devo ter visto mais umas duas/três vezes em casa. :)

    ResponderEliminar
  5. O filme é excelente, adorei e nem sequer é o meu género de filme! Muito bom mesmo :D

    http://free-colors.blogspot.pt/

    ResponderEliminar