01 janeiro 2017

"Nem tudo vai ser simétrico, ter lógica ou fazer sentido. Nem tudo vai dar certo à primeira, à segunda ou à terceira. Nem todos os corações serão bons lugares para morar e nem todos os mapas nos leverão onde queremos chegar. Nem todos os sinais serão bons para avançar e nem todos os comboios serão para apanhar. Nem todas as mãos virão para nos ajudar e nem todos (muito poucos) vão conseguir colocar-se no nosso lugar. Que a nossa promessa constante seja lembrarmo-nos sempre do nome da força que nos faz levantar, encher o peito de ar e voltar a acreditar. Que a Vida seja nossa aliada e que nos vá pondo no peito pequenos balões de esperança. Que nos obriguem a não desistir nunca do verbo-maior, aquele que, sob múltiplas formas, pessoas e lugares, dá o verdadeiro sentido a qualquer ano novo: amar." - Às 9 no meu blog

Um feliz ano novo!
6 comentários em " "